Portas automáticas industriais em Ribeirão Preto

Aumento do consumo de bens deve ampliar a comercialização de portas automáticas em Ribeirão Preto, e o setor aguarda um bom fechamento para o período. Por outro lado, as tecnologias e tendências estão voltadas para segurança e maior produtividade.

Trecho do depoimento da Mariana Mirrha sobre portas automáticas.

“O segmento de galpões de condomínios logísticos ainda demonstra forte crescimento, principalmente com a entrada de grandes fundos de investimento internacionais nesse mercado. Do ponto de vista qualitativo, ainda persiste na engenharia nacional o desconhecimento sobre os vários modelos de portas existentes no mundo”, afirma.

Sobre o crescimento das portas automáticas

O mercado de portas automáticas vem crescendo gradativamente, pois as empresas estão buscando alternativas que resultem em processos produtivos e logísticos mais rápidos, principalmente em áreas onde existe trânsito de empilhadeiras e paleteiras. “Neste meio, as portas automáticas são amplamente utilizadas, principalmente por conta de seus vários recursos operacionais.

Mão de Obra no Setor de portas automáticas

A grande dificuldade enfrentada atualmente é a falta de mão de obra qualificada para montagem destas portas em obra. Outro exemplo dado é quando o cliente compra a porta automática de uma empresa e contrata a montagem de outra. “Muitas vezes, o simples erro de não aprumar e não nivelar corretamente a porta resulta em um problema sério de funcionamento, que culmina em curto tempo de vida útil dos acessórios”.

O Segmento do Setor de Portas Automáticas

O mercado de portas industriais está a cada ano sendo mais exigente em termos de qualidade de produto e serviço de pós-venda. “Neste sentido, o mercado de portas automáticas está crescendo muito. Hoje, o mercado brasileiro já tem um nível tecnológico alto de oferta em termos de portas industriais”.

O segmento de portas rápidas cresce a cada dia, com um mercado cada vez mais consciente e exigente quanto ao uso correto de portas automáticas.

As portas de enrolar rápidas ganham cada vez mais espaço dentro das indústrias que querem garantir a qualidade dos seus produtos, agilizar os processos, reduzir custos e ganhar produtividade, sem esquecer das questões de segurança que também avançam na preocupação da indústria com menos acidentes e mais tranquilidade.

Tendências das portas automáticas

O segmento de portas automáticas e industriais está repleto de tendência para os próximos anos. As portas – em geral – eram vistas como fechamento de vão e, hoje, são vistas como itens de produção, outros grandes players mundiais virão para o Brasil e o mercado sofrerá mudanças, com mais produtos de alta qualidade que é o exemplo das portas seccionadas.

Os clientes buscam soluções que resolvam os problemas logísticos e que tornem as operações internas e externas mais rápidas, seguras e com custo operacional mais baixo. Em geral, a tendência é alta qualidade, tecnologia inovadora, durabilidade, suporte técnico e pós-venda eficientes.

As portas automáticas são mais leves e seguras aos usuários, com zero necessidade de manutenção, já que as portas são instaladas em linhas de produção que não podem parar, são tendências.

As novas tecnologias disponíveis em portas automáticas e industriais

As principais novidades são sistemas eletrônicos de controle – de abertura e fechamento -conservação de energia e segurança. Todas as portas podem estar equipadas com controles de abertura temporizados e com grelhas de fotocélula que não permitem o fechamento com qualquer obstrução até 2,50 metros de altura.

Detectores de presença trabalham com a leitura de presença humana ou metal/material, o que permite aberturas apenas para empilhadeiras, por exemplo, evitando aberturas desnecessárias e reduzindo custos de energia.

Para a conservação de energia são usados sistemas inteligentes de motores, com menor potência e maior eficiência, e painéis de controle. Na segurança, cada vez mais dispositivos são usados para evitar acidentes.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *